sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Natal

Época de reflexão, de pensar no que o ano trouxe de bom e de ruim!
olhar os erros do passado e tentar corrigir pra não repeti-los no ano novo!

Mas será que tudo é corrigível??

não...

Mas nos cabe decidir escrever o futuro melhor...

Sempre que pensar em Fim de Ano, pense também em recomeçar. Porque só recomeçando que podemos escrever uma vida de glorias e conquistas...

Que o Ano Novo seja melhor e que as lembranças do ano velho sejam boas...
Que todos tenham realizado sonhos ou sonhado ainda mais!


by: Bella

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009




"Eu não quero esperar alguém assim
Leva tudo na mão
Sentindo a liberdade assim
Não quero me prender
Mas quero te achar
Completar o coração e no mundo
Encontrar o meu lugar

Leve como a brisa leve
Me leve pra longe,
Pro teu lado,
Pro teu espaço,
um lugar marcado
Pra ficar

Porque a vida é agora
Eu preciso fugir
Porque a vida esta la fora
Eu quero me diverti
Viver ao sabor do vento
Linhas, Curvas, Circulos, Pensamentos...

Leve como a brisa leve
Me leve pra longe,
Pro teu lado,
Pro teu espaço,
um lugar marcado
Pra ficar

Leve como a brisa leve
Me leve pra longe,
Pro teu lado,
Pro teu espaço,
um lugar marcado
Pra ficar"

[Fernanda Amaral e Isabella Diegues]


ola pessoas! faz tempo que não apareço por aqui... pois é... ando ocupada, trabalhando até... ma tudo bem...
olhem só o que eu e uma amiga fizemos, música!
espero que gostem...

by: Bella

quinta-feira, 26 de novembro de 2009




Eu poderia simplesmente ter me matado
Poderia sim, mas não do jeito como eu tentei
Seria tudo em vão, os dias, as noites
As conversas sem sentido, os gritos
Os gritos na minha cabeça
Eu poderia ter bebido mais
Poderia ter fumado mais um cigarro enquanto te esperava
Eu poderia ter ido embora e te deixado
Eu poderia ter usado a arma, deveria ter usado
Deveria ter derramado todo o sangue
Todo o ódio a respeito de tudo
Todo o nojo e todo o rancor
Poderia ter ido até a sua casa e te levado flores
Deveria lhe fazer uma declaração de amor
Eu poderia gritar pro mundo ouvir
Eu devia me calar...

Eu deveria ter me matado.

Hoje finalmente eu sinto que posso voar.


[Texto: Fernanda Amaral]
http://atitudesemblablabla.blogspot.com/

sábado, 21 de novembro de 2009

saudade!






Saudade vem de dentro do peito, de dentro da alma!
Vem da vontade de ver alguém,
da vontade de conversar ao luar,
de olhar as estrelas e rir até a barriga doer!

Mas em que momento da vida a Saudade vira dor, insónia ou doença?
Em que momento ela vira loucura, obsessão ou medo?

Quando ouço uma musica antiga,
me traz na memoria um alguém, um querer,
um sabor ou simplesmente um sorriso.
Que me faz sentir saudade de um tempo que não volta mais!

Sinto falta do barulho das cordas de um violão nas madrugadas de sábado,
das risada de inverno.
Sinto falta das companhias que eu tive.

Quero apenas recordar o passado
desejando que o futuro seja tão bom como as minhas lembranças.
E que me traga mais felicidade,
que eu sinta mais saudade
de um tempo que já passou!

by: Bella

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Amar


Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer, amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?
Que pode, pergunto, o ser amoroso,
sozinho, em rotação universal, senão
rodar também, e amar?
amar o que o mar traz à praia,
o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,
é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?
Amar solenemente as palmas do deserto,
o que é entrega ou adoração expectante,
e amar o inóspito, o áspero,
um vaso sem flor, um chão de ferro,
e o peito inerte, e a rua vista em sonho,
e uma ave de rapina.
Este o nosso destino: amor sem conta,
distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,
doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor à procura medrosa,
paciente, de mais e mais amor.
Amar a nossa falta mesma de amor,
e na secura nossa, amar a água implícita,
e o beijo tácito, e a sede infinita.

(Carlos Drummond de Andrade)


(Apenas vontade de estar apaixonada de novo)[engraçado, eu posso quebra a cara em quatro partes, mas não vivo sem uma grande paixão]

Governo afirma que apagão atingiu 18 Estados

"O Ministério de Minas e Energia confirmou que 18 Estados foram afetados pelo apagão que atingiu o país entre a noite de ontem (10) e a madrugada de hoje.

De acordo com lista divulgada na tarde desta quarta-feira pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) os Estados atingidos são: São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo, e parcialmente os Estados de Minas Gerais, Mato Grosso, Goiás, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Acre, Rondônia, Bahia, Sergipe, Paraíba, Alagoas, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Apesar de não entrar na lista oficial, o Distrito Federal também relatou falta de energia.

As causas do apagão ainda são controversas. O governo fala em fatores climáticos que teriam afetado linhas de transmissão."(Fonte: www.uol.com.br)

Não é querer colocar mais lenha na fogueira, mas já colocando. Algum tempo atrás o governo lula estava(e esta) tentando implantar novas usinas hidrelétricas no Brasil, detalhe, algumas fontes informam que o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), não aprovou o projeto, pois traria danos ambientais na Amazonio, um dos locais onde essas usinas seriam instaladas.

Agora o que aconteceu com a Itaipu ontem a noite foi mesmo por causa de fatores climáticos, assim como diz o governo, ou foi um acidente provocado para acelerar a burocracia com o IBAMA?

Será que alguém pode nos responder?
Ou os nossos "queridos governantes" estão com medo da reação da população!?!?

De uma coisa eu tenho certeza, vai ser colocado panos quentes no caso e a população vai ficar mais uma vez sem a explicação devida!

domingo, 8 de novembro de 2009

Never Gonna be Alone

Time, is going by
O tempo está passando
So much faster than I
muito mais rápido do que eu
And I'm starting to regret not spending all of it with you
E eu estou começando a me arrepender de não passá-lo com você
Now I'm wondering why, I've kept this bottled inside
Agora eu estou tentando saber porque deixei isso preso dentro de mim
So I'm starting to regret not telling all of it to you
Então, estou começando a me arrepender de não ter dito tudo para você
So if I haven't yet I've gotta let you know
Então, se eu ainda não o fiz, quero que agora você saiba

You're never gonna be alone
Você nunca vai estar sozinha
From this moment on
de agora em diante
If you ever feel like letting go
Mesmo que você pense em desistir
I won't let you fall
Não vou deixá-la cair
You're never gonna be alone
Você nunca vai estar sozinha
I'll hold you 'till the hurt is gone
Vou te segurar até a dor passar

And now as long as I can
E agora enquanto eu puder
I'm holding on with both hands
Estarei te segurando com ambas as mãos
Cause forever I believe
Pois sempre acreditei
That there's nothing I could need but you
Que não nada que eu precise a não ser você
So if I haven't yet,
Então, se eu ainda não o fiz,
I've gotta let you know
Quero que agora você saiba

You're never gonna be alone
Você nunca vai estar sozinha
From this moment on
de agora em diante
If you ever feel like letting go
Mesmo que você pense em desistir
I won't let you fall
Não vou deixá-la cair
When all I hope is gone
Quando toda a esperança tiver desaparecido
I know that you can carry on
Eu sei que você pode continuar
We're gonna see the world on
Vamos ver o mundo sozinhos
I'll hold you till the hurt is gone
Vou te segurar até a dor passar

Ooooh! Ooooh!
You've gotta live every single day
Você tem que viver cada dia
Like it's the only one
Como se fosse o único
What if tomorrow never comes?
E se o amanhã nunca vier?
Don't let it slip away,could be our only one
Não o deixe escapar, poderia ser nosso único dia
You know it's only just begun
Você sabe que apenas começou
Every single day, may be our only one
Cada dia, pode ser o nosso único dia
What if tomorrow never comes?
E se o amanhã nunca vier?
Tomorrow never comes
Amanhã nunca vier

Time, is going by
O tempo está passando
So much faster than I
muito mais rápido do que eu
And I'm starting to regret not telling all of this to you
Estou começando a me arrepender de não ter dito tudo para você

You're never gonna be alone
Você nunca vai estar sozinha
From this moment on
de agora em diante
If you ever feel like letting go
Mesmo que você pense em desistir
I won't let you fall
Não vou deixá-la cair
When all I hope is gone
Quando toda a esperança tiver desaparecido
I know that you can carry on
Eu sei que você pode continuar
We're gonna take the world on
Vamos ver o mundo sozinhos
I'll hold you till the hurt is gone
Vou te segurar até a dor passar

I'm gonna be there all of the way
Eu estarei lá para tudo
I won't be missing one more day
Não vou perder mais nenhum dia
I'm gonna be there all of the way
Eu estarei lá para tudo
I won't be missing one more day
Não vou perder mais nenhum dia


" Sem comentarios hoje..."

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Confesso - Ana Carolina

"Confesso, acordei achando tudo indiferente
Verdade, acabei sentindo cada dia igual
Quem sabe isso passa sendo eu tão inconstante
Quem sabe o amor tenha chegado ao final

Não vou dizer que tudo é banalidade
Ainda há surpresas
Mas eu sempre quero mais
É mesmo exagero ou vaidade
Eu não te dou sossego,
Eu não te deixo em paz

Não vou pedir a porta aberta
É como olhar pra trás
Não vou mentir
Nem tudo que falei eu sou capaz
Não vou roubar teu tempo,
Eu já roubei demais

Tanta coisa foi acumulando em nossa vida
Eu fui sentindo falta de um vão pra me esconder
Aos poucos fui ficando mesmo sem saída
Perder o vazio é empobrecer
Não vou querer ser o dono da verdade
Também tenho saudade
Mas já são quatro e tal
Talvez eu passe um tempo longe da cidade
Quem sabe eu volte cedo
Ou não volte mais

Não vou pedir a porta aberta
É como olhar pra trás
Não vou mentir
Nem tudo que falei eu sou capaz
Não vou roubar teu tempo,
Eu já roubei demais

Não vou querer ser o dono da verdade
Também tenho saudade
Mas já são quatro e tal
Talvez eu passe um tempo longe da cidade
Quem sabe eu volte cedo
Ou não volte mais

Não vou pedir a porta aberta
É como olhar pra trás
Não vou mentir
Nem tudo que falei eu sou capaz
Não vou roubar teu tempo,
Eu já roubei demais"

Sem muitos comentarios.
Apenas que sinto falta...

by Bella
"Não, Tempo, não zombarás de minhas mudanças!
As pirâmides que novamente construíste
Não me parecem novas, nem estranhas;
Apenas as mesmas com novas vestimenta."
William Shakespeare


Mais uma poesia falando sobre tempo.
Acho que estou precisando disso, dizer pra mim e pro meu coração que a vida continua.

Como dizia Cazuza, um dos grande poetas brasileiros, que na minha opinião é umas das maiores verdades do mundo, "o tempo não para"

"Disparo contra o sol
Sou forte, sou por acaso
Minha metralhadora cheia de mágoas
Eu sou um cara
Cansado de correr
Na direção contrária
Sem pódio de chegada ou beijo de namorada
Eu sou mais um cara

Mas se você achar
Que eu tô derrotado
Saiba que ainda estão rolando os dados
Porque o tempo, o tempo não pára

Dias sim, dias não
Eu vou sobrevivendo sem um arranhão
Da caridade de quem me detesta

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas ideias não correspondem aos fatos
O tempo não pára

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára

Eu não tenho data pra comemorar
Às vezes os meus dias são de par em par
Procurando uma agulha num palheiro

Nas noites de frio é melhor nem nascer
Nas de calor, se escolhe: é matar ou morrer
E assim nos tornamos brasileiros
Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro
Transformam o país inteiro num puteiro
Pois assim se ganha mais dinheiro

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára

Dias sim, dias não
Eu vou sobrevivendo sem um arranhão
Da caridade de quem me detesta

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára"


By Bella

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

"Que eu adoro poesia todo mundo ta careca de saber, mas uma amiga, que me incentiva de mais, me disse, entre linhas é claro, que eu preciso volta a escrever.
Bom, o que temos aqui não é de minha autoria, mas fala um pouco do que eu queria dizer a ela, principalmente porque voltamos a nos falar a pouco tempo e essa pequena poesia diz um pouco do que eu não consigo pronunciar, apenas sentir!"


Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um de outro se há-de lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

Albert Einstein



by, Bella

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Com muita insistência da minha consciência voltei a escrever!

ok...

Sei que já faz meses, mas estou voltando a ativa e com uma vontade loca de contar muita coisa por aqui.

Hoje tomei a decisão de volta a falar com uma amiga que eu tinha brigado, mas sabe como é néh, eu estava com uma saudade imensa dela, rsrsrs ela me lembro que ainda tenho um blog... hahaha

bom, eu estava meio distraída, ou melhor cega... rsrsrs mas já voltei ao normal...

como sempre vou deixar uma pequena poesia para vocês, ela fala sobre tempo, sobre vida, é bem pequena mas fala tudo!


"Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial! Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra a mágica da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para diante vai ser diferente"

Carlos Drummond de Andrade


By: Bella

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Ideias "mirabolantes"




Eu ando tendo umas ideias muito mirabolantes!
To querendo desisti da faculdade, pelo menos no ano que vem, pra viaja e conhecer o mundo...

mas especificamente a Europa... Meu sonho de consumo um tour de no mínimo 6 meses pela Europa toda de preferência Inglaterra, Paris, Itália, Portugal, Espanha e muitos outros lugares que conta um pouco da historia da humanidade...

OK eu sei que eu to viajando na maionese, mas ainda vou conseguir....

terça-feira, 19 de maio de 2009

Twilight - A saga



Eu sempre gostei muito de livros e filmes, mas a saga twilight é extremamente especial!
A serie de 4 livros, escrito por Stephanie Meyer, conta a historia de uma garota normal, filha de pais separados, que aos 17 anos foi morar com o pai em uma cidadezinha chamada Forks. Bella(minha chara) detesta essa cidade por que chove muito e não tem sol!
Em seu primeiro dia de aula, na nova escola Bella vê pela primeira vez a família Cullen Onde encontra o seu verdadeiro amor Edward. Nessa historia toda só tem um problema, Edward e sua família são vampiros, mas não são vampiros quaisquer, são vampiros bomzinhos, que não fazem mal para as pessoas, os Cullen se alimentam de animais.
Dai já da pra imagina alguma coisa, os livros fala das aventuras vivida por Bella e Edward, os problemas que o casal enfrenta pra viver esse grande e eterno amor.

O primeiro livro, Crepúsculo, já virou filme e o filme fez tanto sucesso que o segundo já esta sendo gravado, Lua Nova vai ser lançado em Novembro mas já ta todo mundo ansioso pra ver o resultado.

" Quando li o livro pela primeira vez me identifiquei muito com a personagem, não só por termos o mesmo nome, mas porque tudo em mim é muito parecido com ela!
o Jeito de pensar, de se vestir, de levar a vida, até algumas caracteristicas físicas como a cor dos olhos, o cabelo e a altura são as mesmas! Isso me deixo meia alucinada e a saga se torno um vicio muito grande pra mim!
Agradeço muito a Stephenie por ter escrito uma historia tão intrigante e sinceramente queria saber como foi que ela adivinhou tudo isso, posso não se 'Isabella Swan' mas sou Isabella Hlawensky e somos praticamente iguais!"

sábado, 16 de maio de 2009




"Antes de você, minha vida era uma noite sem lua. Muito escura, mas havia estrelas... Pontos de Luz e razão... E depois você atravessou meu céu como um meteoro. De repente tudo estava em chamas; havia brilho, havia beleza. Quando você se foi, quando o meteoro caiu no horizonte, tudo ficou negro. Nada mudou, mas meus olhos ficaram cegos de luz. Não pude mais ver estrelas. E não havia mais razão para nada."

[Edward Cullen - Lua Nova - Serie "Twilight"

terça-feira, 12 de maio de 2009




Se tem uma coisa que eu detesto na vida é mentira, isso me repulsa, me deixa mal e faz com que eu jamais olha pra cara de uma pessoa....

ta certo que parece meio radical, mas não consigo fala com quem mente pra mim por muito tempo ou pelo vida toda!

Sei que um dia vai passar, mas isso pode demorar!

disculpa ta desabafando aqui... mas se eu não escrever, enloqueço!

sábado, 2 de maio de 2009

Abrazame - Camila

video

Vídeo perfeito,
música linda e a voz...
incomparavel...

Abrazame
Camila

Composição: Thullio

Tienes que saber que es lo último que pido
Que estoy desesperado y según mis latidos
No me queda mucho tiempo a mi favor
Y antes de perder de vista mi camino
Quiero mirarte un poco y soñar que el destino
Es junto a ti mi amor

Quédate un segundo aquí a hacerme compañía
Y quédate tantito más quiero sentirte mía

Y abrázame
y abrázame
y abrázame
y abrázame

Hoy me he dado cuenta que no había sentido
Tanto miedo antes que yo no decido
Que Dios va a ser mejor
Y antes de perder de vista mi camino
Quiero mirarte un poco y soñar que el destino es junto a ti mi amor


by Bella

quinta-feira, 30 de abril de 2009

FELICIDADE bom... é bem estranha... principalmente quando as coisas começam a se resolver... como eu disse antes... O MUNDO DA VOLTAS E VOLTAS E CAI SEMPRE NO MESMO LUGAR!

Mas é bom... parece que você fica com mais força, mais vivo do que antes... é especial, diferente.

é como descobrir que ama pela primeira vez.
é muito bom e muito estranho...

"Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?"


Luís Vaz de Camões


By Bella

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Amar - Carlos Drummond Andrade

Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?

Que pode, pergunto, o ser amoroso,
sozinho, em rotação universal, senão
rodar também, e amar?
amar o que o mar traz à praia,
e o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,
é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?

Amar solenemente as palmas do deserto,
o que é entrega ou adoração expectante,
e amar o inóspito, o áspero,
um vaso sem flor, um chão de ferro,
e o peito inerte, e a rua vista em sonho, e uma ave de rapina.

Este o nosso destino: amor sem conta,
distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,
doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor a procura medrosa,
paciente, de mais e mais amor.

Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa
amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita.


by Bella

terça-feira, 28 de abril de 2009

Luxuria - Cinderela Compulsive

Em Homenagem ao momento....
as frases em negrito é o que eu queria dizer bem grande!

"Eu falei pra você pensar melhor
Se toca, se manca
Não me constranja com papo de dó
Se liga e levanta

Perdi o sono, a paz, a culpa
Meu amor, sua sina
Você enfiou seus pés numa jaca
Cinderela compulsiva



Será que você ainda gosta de mim ?
(não tem vergonha na cara)
Será que você ainda se gosta enfim ?
(não tem migalha na lata)
Da vida vai apanhar


Minha boca te beija em compaixão
Minha saliva te queima
Quebrou a casa e deu nosso cão
Numa esperança mimada

Não se vendeu, pôs placa de aluga
Seu prazer sanguessuga
Você entrou numa rua vazia
Sem perguntar a saída.



Será que você ainda gosta de mim ?
( não tem vergonha na cara )
Será que você ainda se gosta enfim ?
(não tem migalha na lata)
Da vida vai apanhar"


by Bella

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Dificuldades...

"Não, não dê mais tantas voltas não
Se chicoteia assim por qualquer perdão
Todo esse teatro não impressiona
Por maior que seja sua recompensa

Não se importe tanto assim
Com sua imagem decadente enfim
Nada adianta depois se lamentar
Por maior que seja sua displicência"


o trecho dessa música me faz pensar muito, principalmente em coisas do passado...
tenho medo do passado!
as vezes ele invade os meus sonhos e me atormenta muito, me fazendo lembrar de coisas que ainda me machucam, que vai alem dos muros de proteção, que construi pra não lembrar, não pensar, não fazer o que não devo...

tenho me do de falar o que eu sinto alem dessas muralhas, meu coração esta completamente fechado, pra qualquer tipo de sentimentalismo...
depois de muito tempo consegui respirar novamente, respirar fundo, deixar o ar entrar nos meus pulmões e sentir tudo o que eu mais gosto... o calor de ar puro...
Mas agora, a dor ta voltando de novo, e eu não sei o que fazer...

by Bella

domingo, 26 de abril de 2009

Carlos Drummond Andrade

Quero
“Quero que todos os dias do ano
todos os dias da vida
de meia em meia hora
de 5 em 5 minutos
me digas: Eu te amo.

Ouvindo-te dizer: Eu te amo,
creio, no momento, que sou amado.
No momento anterior
e no seguinte,
como sabê-lo?

Quero que me repitas até a exaustão
que me amas que me amas que me amas.
Do contrário evapora-se a amação
pois ao não dizer:Eu te amo,
desmentes
apagas
teu amor por mim.

Exijo de ti o perene comunicado.
Não exijo senão isto,
isto sempre, isto cada vez mais.
Quero ser amado por e em tua palavra
nem sei de outra maneira a não ser esta
de reconhecer o dom amoroso,
a perfeita maneira de saber-se amado:
amor na raiz da palavra
e na sua emissão,
amor
saltando da língua nacional,
amor
feito som
vibração espacial.

No momento em que não me dizes:
Eu te amo,
inexoravelmente sei
que deixaste de amar-me,
que nunca me amastes antes.

Se não me disseres urgente repetido
Eu te amoamoamoamoamo,
verdade fulminante que acabas de desentranhar,
eu me precipito no caos,
essa coleção de objetos de não-amor."
(Carlos Drummond Andrade)

sábado, 25 de abril de 2009

...Música...


Lama-Luxúria

Não, não dê mais tantas voltas não
Se chicoteia assim por qualquer perdão
Todo esse teatro não impressiona
Por maior que seja sua recompensa

Não se importe tanto assim
Com sua imagem decadente enfim
Nada adianta depois se lamentar
Por maior que seja sua displicência

Volta ou vai embora meu amor
Sem ameaças ensaiadas na frente do espelho
O caminho mais fácil
Nem sempre é melhor que o da dor

Dê uma chance pra vida te mostrar
Um jeito menos doloroso de se despedir
Não seja assim tão duro amor com as palavras
Lave bem as suas mãos antes de se decidir
Tira essa lama das botas
Antes de me dar as costas

Não, não dê tantas voltas não
Se chicoteia assim por qualquer perdão
Todo esse teatro não impressiona
Por maior que seja sua recompensa

Não se importe tanto assim
Com sua imagem decadente enfim
Nada adianta depois se lamentar
Por menor que seja sua displicência

Volta ou vai embora meu amor
Sem ameaças ensaiadas na frente do espelho
O caminho mais fácil
Nem sempre é melhor que o da dor

Dê uma chance pra vida te mostrar
Um jeito menos doloroso de se despedir
Não seja assim tão dura com as palavras
Lave bem as suas mãos antes de se decidir
Tira essa lama das botas
Antes de me dar as costas.

by Bella

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Sabe aqueles dias que agente acorada sem nada pra faze... mas que ta animada pra quanquer coisa!?!?!

pois é hj eu to assim.... srsrsr....

acordei com animo pra toca violão... acho que é isso que eu vou fazer quase o dia todo... rsrsrsr...

a música de hj é especial...
Capital Inicial é uma das minhas bandas preferidas! e essa música faz agente refletir bastante!

Fátima - Capital Inicial

Vocês esperam uma intervenção divina
Mas não sabem que o tempo agora está contra vocês
Vocês se perdem no meio de tanto medo
De não conseguir dinheiro pra comprar sem se vender
E vocês armam seus esquemas ilusórios
Continuam só fingindo que o mundo ninguém fez
Mas acontece que tudo tem começo
Se começa um dia acaba, eu tenho pena de vocês

E as ameaças de ataque nuclear
Bombas de neutrons não foi Deus quem fez
Alguém, alguém um dia vai se vingar
Vocês são vermes, pensam que são reis
Não quero ser como vocês
Eu não preciso mais
Eu já sei o que eu tenho que saber
E agora tanto faz

Três crianças sem dinheiro e sem moral
Não ouviram a voz suave que era uma lágrima
E se esqueceram de avisar pra todo mundo
Ela talvez tivesse um nome e era: Fátima
E de repente o vinho virou água
E a ferida não cicatrizou
E o limpo se sujou
E no terceiro dia ninguém ressuscitou

quinta-feira, 23 de abril de 2009



A vida é uma coisa maluca, agente briga, não quer mais se ver e ai ela da voltas e voltas e sempre acabamos nos encontrando de novo...

Parece até sina... rsrsr...

mas é bom, porque se fica alguma coisa sem resolve, acaba resolvendo no futuro... e descobre cada historia... descobrimos muitas vezes que ficamos bravos com a pessoa errada...

Mas é assim mesmo... uma hora tudo se resolve!

by Bella

segunda-feira, 20 de abril de 2009

A Primeira vez que escrevo....

marcada por coisas desconhecidas, vou tentar passar nas minhas palavras coisas que vive e que quero compartilhar com o mundo...

festas, amores, amigos, tristezas e alegrias, poesias e músicas que me agradam de forma a me completar!

"O mundo é uma tragédia para os sentimentais e uma comédia para os intelectuais..."

Beijos
até a próxima!